Posts Tagged: Prodwin

Eurofarma automatiza geração de dados de eficiência na produção

logoprodwineurofarma

O principal indicador de produtividade em todo o mundo, conhecido pela sigla OEE (Overall Equipment Effectiveness) é aplicado na Eurofarma para medir a eficiência dos equipamentos na produção.

O sistema Pw-1 – Monitoramento Automático & Online é uma ferramenta fundamental na coleta de dados e análise, com o objetivo de medir as “Perdas de Performance” que afetam a produtividade.

Recentemente, finalizou-se a implantação e treinamento de colaboradores de 100% das linhas de “embalagem acabado” para um sistema automático para coleta do indicador OEE. O sistema Pw-1 possibilita informações da produção de forma precisa, rápida e em tempo real.

Os coletores de dados conectados nas linhas de produção capturam diversas informações como quantidade produzida, tempo de parada, de ciclo, refugo, entre outros, enviando os dados para o sistema, gerando referências estratégicas para a gestão da produção.

O treinamento envolveu 163 colaboradores usuários do sistema, entre líderes, operadores e auxiliares.

*Reportagem da Revista Panorama – Setembro/2017

Indústria 4.0 pode economizar R$ 73 bilhões ao ano para o Brasil

industrie-4-0

A adoção de conceitos da Indústria 4.0 na matriz produtiva brasileira poderia gerar uma economia de R$ 73 bilhões ao ano.

A quarta revolução industrial ou indústria 4.0 envolve o aumento da informatização na indústria de transformação, com máquinas e equipamentos totalmente integrados e conectados à Internet. Como resultado, tudo pode ser gerenciado em tempo real, de qualquer lugar. “Inteligência artificial, robótica, análise de dados e a internet das coisas trabalham de forma integrada. Sensores permitem a rastreabilidade e o monitoramento remoto de todos os processos”, explica o presidente da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), Guto Ferreira.

Estudos preliminares conduzidos pelo governo para a elaboração do novo plano indicam que entre 2% e 5% das fábricas brasileiras adotam conceitos da indústria 4.0. Eliminando erros humanos e aumentando a produtividade, pode-se obter uma economia de R$ 73 bilhões ao ano no setor, segundo projeções. “É uma transformação completa nos processos produtivos”, afirma Ferreira.

E a introdução de tecnologias de inteligência artificial ajuda principalmente na manutenção de equipamentos — a ABDI estima que a redução dos custos com reparos pode chegar a R$ 35 bilhões ao ano. Os ganhos de eficiência produtiva correspondem a uma economia de R$ 31 bilhões. Os R$ 7 bi restantes são em diminuição no gasto com energia.

Outro benefício da Indústria 4.0 é a produção com menores impactos ambientais. “A otimização dos processos industriais pode levar a uma redução das emissões de CO2”, aponta o presidente da ABDI. Ele ainda destaca que é possível monitorar de forma pontual cada parte do processo produtivo: “isso resulta em uma produção mais sustentável, controlada e com menos gastos desnecessários. O consumo elevado de recursos naturais tende a cair”.

A ABDI participa do grupo de trabalho do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), que está definindo as estratégias de implementação da Indústria 4.0 no Brasil. As empresas mais competitivas do ramo industrial já aderiram ao conceito. “Introduzir as técnicas no país garante que as empresas possam ganhar mercado lá fora, pois, o Brasil está pagando caro pela sua ineficiência”, afirmou Ferreira.

Cenário atual no Brasil e no mundo

O retrato atual já desperta inquietações. Uma pesquisa da consultoria Deloitte, que ouviu 1.603 executivos no mundo e 102 especificamente no Brasil, sugere que essas inovações ainda podem estar distantes. Em uma das perguntas feitas, apenas 29% dos líderes empresariais brasileiros dizem estar utilizando “tecnologias de ponta” para possibilitar que seus funcionários sejam mais eficientes. A média global é de 47%.

Impactos e oportunidades

O governo pretende anunciar, na primeira quinzena de março deste ano (2018), um plano que buscará acelerar a migração de empresas ao modelo de “indústria 4.0” no país. A intenção é disseminar o uso de tecnologias avançadas como inteligência artificial, impressões 3D, computação em nuvem e internet das coisas (chips embarcados em produtos) no chão de fábrica.

Ferreira antecipa que haverá requisitos claros às empresas interessadas em obter crédito para implantar conceitos da indústria 4.0. Elas deverão ser submetidas a “testes de maturidade” apontando o grau de desenvolvimento tecnológico em que se encontram atualmente. A realização dos testes ficará por conta das próprias companhias, mas uma parte delas poderá ser bancada pela ABDI. A agência, alimentada por recursos do Sistema S, pretende alocar R$ 5 milhões para isso e publicará editais de seleção.

O Brasil vai receber no próximo mês (março/2018), o Fórum Econômico Mundial, em sua versão América Latina, resultado de articulação do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC). Durante o Fórum, será lançada a Estratégia Nacional da Indústria 4.0, as bases que irão nortear a quarta revolução no Brasil. O presidente da Fiesp, Paulo Skaf, durante o 1º Congresso Brasileiro de Indústria 4.0, promovido em parceria com a ABDI, em 5 de dezembro de 2017, lembrou que a mudança assusta em um primeiro momento, “mas precisamos enfrentar e tirar proveito dos impactos e das oportunidades. Ou nos preparamos e nos fortalecemos ou ficaremos para trás”, apontou.

Skaf lembrou que as coisas estão mudando numa velocidade muito maior. “Muito em breve, 100 anos valerão por 20 mil anos de transformações passadas. A educação vai mudar e nossos jovens que estão hoje na escola não têm ideia de quais profissões surgirão. Muitas ocupações morrerão, outras surgirão e é preciso estar preparado”, aconselhou.

Experiência internacional

Já o diretor da Divisão de Criação de Produtos Virtuais do Instituto Fraunhofer, da Alemanha, Rainer Stark, afirmou que o mais importante para se alcançar a Indústria 4.0 é a coleta e interpretação dos dados. “Não adianta apenas automatizar. É importante saber coletar, interpretar e usufruir das informações no tempo certo para a correta tomada de decisão”, lembrou, ao destacar que as novas tecnologias advindas da Indústria 4.0 devem estar na estratégia central do governo e das empresas brasileiras.

Fonte: Valor Econômico

Sistema de Execução da Produção (MES) integrado ao ERP (TOTVS* & SAP)

erp-pw-1-mes

A Prodwin não possui qualquer relação comercial ou de parceria com a TOTVS.

MES + ERP

Atualmente com o mercado cada vez mais concorrido, as empresas enfrentam enormes desafios com margens cada vez mais enxutas, custos cada vez mais altos e diversas obrigações fiscais, como o Bloco K. (clique aqui e conheça mais).

Para tornarem-se mais competitivas e lucrativas é imprescindível otimizar e extrair o máximo de todos os recursos, como mão de obra, máquinas e materiais. E para isso, apenas um bom sistema ERP não é suficiente. As empresas também precisam obter dados de uma forma confiável e rápida, agregando um sistema de coleta das informações da produção em tempo real, como um sistema MES.

Vamos ver a seguir um pouco mais sobre o ERP e o MES.

+ Leia mais

Planejamento e Controle da Produção – Módulo PCP com Apontamento Automático de Produção

Módulo PCP

Como você realiza o Planejamento e Controle da Produção (PCP) em sua empresa?

Com o módulo PCP, você poderá visualizar em um gráfico Gantt de como estão as cargas em cada máquina, podendo reordenar as ordens de produções (OPs) de forma rápida e analisando em tempo real, se a produção está de acordo com o planejado.

E além disso, quando há alterações na performance ou paradas das máquinas, o módulo PCP calcula e informa automaticamente a nova data e o horário de entrega.

Veja o vídeo abaixo e entenda como a Prodwin, através de um sistema MES (OEE) em tempo real e o módulo PCP, pode ajudar a sua empresa aumentar a pontualidade das entregas, elevar os níveis de produtividade e tomar decisões mais eficazes.

Quer entender melhor, veja como Pw-1 (clique aqui) pode aumentar a lucratividade de sua empresa.

Mais informações, mande uma mensagem para o nosso consultor (clique aqui) que ele retornará rapidamente a sua mensagem.

Parceria SAP & Prodwin – Pw-1 (MES) + SAP B1

A partir deste mês, a Prodwin torna se parceira SAP (SAP Partner), com isso todos os clientes SAP que precisem de um sistema de monitoramento de produção automático (MES) poderá ser utilizado facilmente e integrado ao ERP SAP, inclusive o SAP B1.

Se você está procurando um sistema MES, totalmente online e integrado ao ERP SAP, fale conosco que podemos realizar a apresentação e mostrar os benefícios do sistema.

Quer entender melhor, veja como Pw-1 (clique aqui) pode aumentar a lucratividade de sua empresa.

Mais informações, mande uma mensagem para o nosso consultor (clique aqui) que ele retornará rapidamente a sua mensagem.

 

Controle Estatístico do Processo – Módulo CEP com Apontamento Automático de Produção

Módulo CEP

Como você realiza o Controle Estatístico dos Processos (CEP) em sua empresa?

Para garantir a qualidade do produto final é necessário a inspeção do processo, com base nas normas de auditoria e ISO9000, e sabemos que grande maioria das empresas que realizam estas inspeções de forma manual, enfrentam diversos problemas.

Veja o vídeo abaixo e entenda como a Prodwin, através de um sistema MES (OEE) – apontamento automático de produção em tempo real, e o módulo CEP, pode ajudar a sua empresa aumentar a confiabilidade nas inspeções, reduzir os desperdícios e elevar os níveis de produtividade.

Quer entender melhor, veja como Pw-1 (clique aqui) pode aumentar a lucratividade de sua empresa.

Mais informações, mande uma mensagem para o nosso consultor (clique aqui) que ele retornará rapidamente a sua mensagem.

Assista o vídeo e veja como a Prodwin pode aumentar a produtividade no chão de fábrica.

Coletor de Dados do Pw-1

Nesse mundo globalizado, a competitividade é que determina a sobrevivência das empresas e essa competitividade, só se consegue utilizando plenamente todos os recursos de produção: máquinas, mão-de-obra e materiais.

E como será que está a sua produção?

Vamos dar uma olhada no que acontece com a produção de várias empresas?

Veja o vídeo abaixo e entenda como a Prodwin, através de um sistema MES (OEE) em tempo real, pode lhe ajudar a aumentar os níveis de produtividade da sua indústria.

 

Quer entender melhor, veja como Pw-1 (clique aqui) pode aumentar a lucratividade de sua empresa.

Mais informações, mande uma mensagem para o nosso consultor (clique aqui) que ele retornará rapidamente a sua mensagem.

 

 

 

O que é OEE ? E como calcular o OEE ?

OEEBanner

Nos últimos anos, o indicador chamado OEE (Overall Equipment Effectiveness), proposto na metodologia TPM (Total Productive Maintenance), vem sendo aplicado por diversas empresas de produção em série e apresentando resultados significativos.

Com este indicador OEE é possível verificar o quanto a empresa está utilizando os recursos disponíveis (máquinas, mão-de-obra e materiais) na produção. Assista o vídeo (clique aqui), entenda como você pode obter este indicador OEE em tempo real e aumentar a produtividade no chão de fábrica.

+ Leia mais