O QUE É O BLOCO K E PARA QUEM SE APLICA? E COMO A PRODWIN PODE AJUDAR A SUA FÁBRICA NO BLOCO K?

O QUE É O BLOCO K E PARA QUEM SE APLICA?

A partir de janeiro de 2017 torna-se obrigatório para estabelecimentos industriais, conforme tabela abaixo, em substituição do livro de Controle de Produção e Estoque, a digitalização e o respectivo envio digital do livro Registro de Controle da Produção e do Estoque por meio do Bloco K do SPED Fiscal.

Início da obrigatoriedade Para quem se aplica? Faturamento anual
Jan-2017 Indústrias classificados nas divisões 10 a 32 da CNAE > R$ 300 milhões
Jan-2018 Indústrias classificados nas divisões 10 a 32 da CNAE > R$ 78 milhões
Jan-2019 Demais indústrias Independe do faturamento

1. NOVO CENÁRIO COM O BLOCO K

Através do Bloco K, as empresas obrigadas terão que informar ao FISCO todos os componentes utilizados no processo de transformação e a estrutura de seus produtos (BOM – Lista de Materiais), além das ordens de produção (OP) realizadas dentro do período de apuração.


blocok-caixapreta-Pw1

Desta forma, a Receita Federal terá um maior controle dos estoques apresentados pelos estabelecimentos industriais, equiparados a eles, e atacadistas, de médio a grande parte.

2. E QUAIS SÃO INFORMAÇÕES QUE TERÃO QUE SER ENVIADAS NO BLOCO K?

As empresas obrigadas deverão informar no Bloco K do SPED Fiscal diversos registros e podemos destacar:

 

  • Tabela de identificação do item – O cadastro de todos os produtos e serviços da empresa, como produtos acabados, semiacabados, matérias primas, embalagens, subprodutos, entre outros.
  • Consumo específico padronizado – A lista de materiais (BOM) padrão de todos os produtos acabados e semiacabados da empresa.
  • Estoque escriturado (K200) – O saldo em estoque no final do período de apuração, que equivale ao último dia do mês, por produto, separando produtos de propriedade da empresa em seu poder, produto de propriedade da empresa em poder de terceiros, e produtos de propriedade de terceiros em poder da sua empresa.
  • Movimentações internas entre mercadorias (K220) – Demonstrar todas as movimentações internas entre mercadorias no período que não se enquadram nas movimentações de produção efetuada pela empresa (K230), movimentações de consumo de material na produção efetuada pela empresa (K235), movimentações de produção própria, efetuada por terceiros (K250), movimentações de consumo de material na produção efetuada por terceiros (K255).
  • Itens produzidos (K230) – Demonstrar toda a produção efetuada pela empresa no período, incluindo a informação da OP (ordem de produção), produto da OP e quantidade produzida.
  • Insumos consumidos (K235) – Demonstrar todos os insumos requisitados para a fabricação dos itens manufaturados informados no K230, incluindo a quantidade requisitada de cada material.
  • Industrialização efetuada por terceiros (K250) – itens produzidos – Demonstrar toda a produção efetuada por terceiros no período, incluindo a informação do produto e a quantidade produzida.
  • Industrialização em terceiros (K255) – insumos consumidos – Demonstrar todos os insumos consumidos na produção dos itens manufaturados informados no K250, incluindo a quantidade consumida de cada material.

Portanto, vimos a necessidade e a importância das empresas se preparem para que tenham o controle dos seus estoques com excelência. Assim devido ao nível de detalhamento das informações, esta obrigação é bem complexa e trabalhosa.

3. COMO A SOLUÇÃO PW-1 DA PRODWIN PODE LHE AJUDAR NO BLOCO K?

A solução Pw-1 é um sistema completo e avançado de gestão da produção de chão de fábrica em tempo real, podendo fornecer automaticamente os itens produzidos e a partir desta informação, consultar o BOM através da integração entre os sistemas (ERP/Pw-1), e calculando automaticamente os insumos consumidos e as movimentações internas entre mercadorias de produtos acabados e semiacabados.

O Pw-1 possui também o módulo W.I.P. (Work In Process), que permite controlar o material em processo e o endereçamento de estoques em suas diversas etapas de fabricação, através de um projeto específico, na exata medida da necessidade de cada cliente.

E veja abaixo as diversas informações que você poderá visualizar no Pw-1 :

  • A produtividade industrial da sua fábrica.
  • O índice OEE (mais informações sobre o OEE).
  • A performance dos operadores.
  • Os turnos e os departamentos mais eficientes.
  • O nível de refugo por produto.
  • Quanto tempo. Quem parou. E quais foram os principais motivos das paradas das máquinas.
  • Os produtos com maior rentabilidade.

Veja o vídeo abaixo e entenda como a Prodwin, através de um sistema MES (OEE) em tempo real, pode lhe ajudar a aumentar os níveis de produtividade da sua indústria.

Quer entender melhor, veja como Pw-1 (clique aqui) pode aumentar a lucratividade de sua empresa.

Mais informações, mande uma mensagem para o nosso consultor (clique aqui) que ele retornará rapidamente a sua mensagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *